quarta-feira, 7 de março de 2007

O MEU, O SEU, O NOSSO Tempo!

"... eu capto várias mensagens quando uma pessoa se atrasa. Uma é que o tempo dela é mais importante do que o meu, mensagem que considero bastante arrogante. Atrasar-se também transmite a mensagem de que eu não devo ser muito importante para a pessoa, porque ela certamente seria pontual com alguém que ela achasse importante. Também me passa que a pessoa não é muito honesta, porque pessoas honestas cumprem a palavra e seguem os compromissos, inclusive os de tempo. Atrasar-se é um comportamento extremamente desrespeitoso e, pior, cria hábito".
(James C. Hunter em O Monge e o Executivo)

Três mensagens bastante simples e negativas sobre o atraso; sobre o não cumprimento de uma promessa de tempo:
  1. Meu tempo é importante, mas o seu (o da pessoa que atrasa) é muito mais importante;
  2. Meu tempo não é importante (para a pessoa que atrasa);
  3. Desonestidade (da pessoa que atrasa).
Depois que li isso, parei pra refletir mais sobre todas as vezes em que eu marcava uma reunião, e chegava 15 min atrasado; todas as vezes em que deixei minha noiva me esperando na sua casa ou onde quer que seja, e vi que realmente considerava meu tempo mais importante que o dos outros. O MEU tempo, O MEU isso, O MEU aquilo. Quando estamos no lado oposto (alguém nos deixa esperando), nós não gostamos também. E por isso comecei a refletir mais sobre O NOSSO.

Fazer meu tempo UM com o tempo do outro (por um momento) se tornou um desafio na minha vida. Desafio este que estou gostando muito de vivenciar, pois está sendo prazeroso ver os semblantes de satisfação das pessoas, sorrisos por não ter estragado suas programações. Isso tudo por eu não ter atrasado. Simplesmente porque eu não considerei O MEU tempo mais importante que O SEU tempo.

Ainda estou aprendendo a vivenciar isso na minha vida, mas como diz a praxis: vai chegar um momento em que eu vou ter aprendido bem direitinho.

[]'s
Emerson de Lira Espínola

3 comentários:

janaina disse...

luCaro Emerson,
gostei bastante da reflexão sobre o respeito ao outro. Aqui expressada em relação ao tempo. Precisa ser colocada como a primeira formação humana do nosso site.
Quero parabenizá-lo pela iniciativa e dizer que este, na minha modesta opinião está melhor que o primeiro, e espero que o próximo seja melhor que este.
que Deus te abençoe hoje e sempre!
Beijos

Pedro Júnior disse...

Emerson, isso foi uma indireta para mim? Espero que não, eu não sou assim.

Brincadeira! A mensagem do tempo é certíssima e sei que todos passamos por situações egoísta, mas "I can only show you the door, you are the one who has to walk through it". Assim você evoluiu para Morpheus e já está mostrando o caminho para os outros.

Parabens pela mensagem.

Pollyanna disse...

hihihihih! Q coincidência! Li este trecho deste livro ontem!!! E fico feliz, realmente Moema e cia agradecem pela sua promessa de não se atrasar mais!!!!!!!!!!!!!!!!!